Embora Loki (Tom Hiddleston) tenha deixado de ser um vilão há muito tempo, sabemos que confiar nele pode ser um grande erro. Afinal, ele nada mais é que o Deus da Trapaça.

O que não imaginávamos é que boa parte das drásticas consequências de Thor Ragnarok estariam na sua conta. E não por esperteza, e sim, por um total descuido e despreparo. Entre os erros que ele cometerá, o principal será permitir a ascensão de Hela (Cate Blanchett). Veja o que o produtor Brad Winderbaum falou à respeito para o site Comic Book:

Loki e a ascensão de Hela:

“Quando deixamos Loki, ele meio que atingiu seus objetivos: se tornou o rei de Asgard e está comandando por lá. E o que descobrimos, o que Thor aprende de início, é que há muitas coisas terríveis no cosmos que não deveriam ser assim. Aprendemos que Odin fazia muito mais do que parecia para manter o universo protegido. Há todas essas ameaças que ele sofreu ou esteve mantendo a distância, usando sua força e poder, para as quais Loki estava completamente despreparado. Então, ele se torna Rei de Asgard, tudo está ótimo, é uma boa festa. Mas ele não percebe que as ameaças estavam no seu horizonte, Hela sendo a maior e mais terrível delas.”

Thor: Ragnarok

O filme estreia no Brasil em 26 de outubro.

Fontes: Omelete | Comic Book

Deixe seu comentário: